BIOGRAFIA

Soprano Juliana Franco é conhecida pela "qualidade pura e cristalina" do seu canto e também por sua versatilidade em diferentes estilos vocais. Atuou como solista com orquestras tais como a Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Petrobrás Sinfônica, Washington Bach Consort, Orquestra do Festival de Música de Saint Barth’s, Orquestra Sinfônica Nacional do Brasil, entre outras. Entre os papéis operísticos destacam-se Musetta em La Bohème, Susanna em Le Nozze di Figaro, Adina em L'Elisir d'Amore, Rosina em Il Barbieri di Siviglia, Oscar em Un Ballo em Maschera, Zerbinetta em Ariadne auf Naxus, Sophie em Der Rosenkavalier, Poppea em L'Incoronazione di Poppea, Costanza em Griselda na estréia brasileira, Gretel em Hansel und Gretel, e Afrodite na estréia mundial da ópera Phaedra and Hippolitus de Christopher Park. No repertório sinfônico destacam-se obras como a Nona Sinfonia de Beethoven, Messias de Handel, Gloria de Vivaldi e Magnificat e Cantata do Café BWV 212 de Bach.
 

Desde de 2015, a soprano colabora com a Orquestra Petrobrás Sinfônica no projeto "Série em família", dedicado ao público infantil, com adaptações para soprano, barítono e orquestra  de clássicos infantis.  Repertório incluiu obras como a Arca de Noé de Vinícius de Moraes, Os Saltimbancos, Balão Mágico, e O Mágico de Oz (Wizard of Oz) com adaptação para narrador, soprano e barítono. Alguns destes projetos foram gravados em CD e lançados em lojas no Brasil e estão disponíveis também em lojas online (itunes, Amazon, and Spotify). Os projetos foram escritos e arranjados especialmente para a voz da soprano. O projeto Os Saltimbancos Sinfônico foi premiado como "o melhor cd do ano de 2017 na categoria musical infantil do Prêmio da Música Brasileira".
Em 2017, a soprano fez a estréia mundial da obra Ouvir Estrelas, de Robert Paterson no National Sawdust, em Nova Iorque. Em 2018, ela cantou o papel de Maria em West Side Story, em uma versão de concerto, com a Orquestra do Rio International Cello Encounter, no Rio de Janeiro, Brasil. 

 

Paralelamente ao seu trabalho no universo clássico, empresta sua voz à versão brasileira de desenhos animados e personagens de filmes para estúdios importantes como Disney, Fox, Warner, DreamWorks e Pixar. Seus trabalhos mais conhecidos são: Anastasia (Anastasia), de Fox, Ace Age 4 (Shira), O Estranho Mundo de Jack (Shock) e Frozen (Trolls). Juliana Franco foi professora de canto na Universidade Federal do Rio de Janeiro de 2012 à 2014 e professsora assistente e titular de canto, pedagogia vocal, dicção de inglês e alemão na University of Maryland de 2016 à 2019. 
 

Doutora em Pedagogia da Voz e mestra em Opera Performance pela University of Maryland, nos Estados Unidos, dedicou sua pesquisa ao tema “cantar em português do Brasil para estrangeiros” associado à pedagogia aplicada. O título de sua dissertação é Singing in Brazilian Portuguese: An Introductory Guide to IPA, Diction, and Repertoire. Inspirada em suas raízes, experiência profissional e pelo rico e belo repertório brasileiro o objetivo principal do dissertação e pesquisa é tornar a música brasileira e cantar em português algo mais acessível. 
 

Para mais informações, use o link de contato.

CONTATO
ENSINO DO CANTO